Aviso: Se está a ler esta mensagem, provavelmente, o browser que utiliza não é compatível com os "standards" recomendados pela W3C. Sugerimos vivamente que actualize o seu browser para ter uma melhor experiência de utilização deste "website". Mais informações em webstandards.org.

Warning: If you are reading this message, probably, your browser is not compliant with the standards recommended by the W3C. We suggest that you upgrade your browser to enjoy a better user experience of this website. More informations on webstandards.org.

Estrutura e conteúdo » Inovação do Produto

O desenvolvimento de produto na engenharia

Professor Arlindo Silva
27 de Abril de 2004

Sumário

O Desenvolvimento de Produto é o conjunto de actividades que começa na percepção de uma necessidade de mercado e termina com a produção e venda de um produto que satisfaça essa necessidade. É uma metodologia estruturada que deve ser seguida, para que todos os aspectos do projecto de um produto sejam tomados em consideração.

No meio industrial, em Portugal, existe uma fraca percepção desta metodologia. No meio académico, ao nível curricular da maioria das licenciaturas, não existe uma integração das matérias que leve a uma compreensão global do desenvolvimento de produto: o conhecimento é transmitido, mas a sua integração num produto específico é quase sempre descurada.

Pretende-se com este seminário fazer uma abordagem integradora do desenvolvimento de novos produtos: a recolha e interpretação das necessidades de cliente, o desenvolvimento de novos conceitos como resposta às necessidades, a integração de sistemas, a interacção entre design e projecto.

É particularmente importante a necessária mudança de mentalidade a incutir nos futuros Engenheiros: estão habituados, no decorrer da sua formação, a responder a perguntas fechadas (com solução única) e têm extrema dificuldade em criar algo de novo, respondendo a perguntas abertas. É esta mentalidade que leva à necessária inovação na oferta de produtos e serviços no mercado Português e Internacional.

Leituras recomendadas

  • K. Ulrich & S. Eppinger, Product Design and Development. McGraw-Hill 2003, 3rd Edition, ISBN 0071232737
  • Tom Kelley, The Art of Innovation. Currency Doubleday, 2001, ISBN 0385499841
  • J. Cagan & C. Vogel, Creating Breakthrough Products. Prentice Hall 2002, ISBN 0139696946

Outras referências interessantes

  • L. Bjornlund, C. Cullen & C. Fishel, Design Secrets: Products. IDSA 2001, ISBN 1564966380
  • Kevin Otto & Kristin Wood, Product Design. Prentice-Hall 2001, ISBN 0130212717
  • M. Rosenau Jr, The PDMA Handbook of new product development. John Wiley & Sons 1996, ISBN 0471141895
  • Henry Petroski, The evolution of useful things. Vintage Books 1994, ISBN 0679740392
  • Mike Ashby & Kara Johnson, Materials and Design - The art and science of material selection in product design. Butterworth-Heinemann 2002, ISBN 0750655542
  • J. Cagan & C. Vogel, Creating Breakthrough Products. Prentice Hall 2002, ISBN 0139696946

Inovação centrada em novos produtos

Professor Pedro Saraiva
27 de Abril de 2004

Sumário

Existe um consenso relativamente alargado no que toca à crescente importância da concepção e desenvolvimento de novos produtos enquanto fonte vital de sucesso, competitividade e desenvolvimento económico. Mais do que a melhoria e optimização de processos, importa assim que os novos engenheiros sejam igualmente capazes de se movimentar com grande à vontade nas vertentes de concepção de produtos e optimização integrada do binómio produto/processo.

A partir destas novas realidades, transversais a todas as engenharias, iremos fazer referência a alguns sinais de evolução clara desta nova realidade de engenharia centrada nos produtos (com destaque especial para a engenharia química). Tendo este ponto de partida, procuraremos então:

  • Identificar os traços essenciais da concepção de produtos, e em que medida estes se diferenciam de abordagens centradas na análise de processos;
  • Fazer referência às diferentes etapas que integram um projecto de engenharia do produto;
  • Referir algumas das metodologias que podem suportar as várias fases de desenvolvimento de um novo produto;
  • Descrever esforços desenvolvidos na Universidade de Coimbra em torno da engenharia do produto, tanto a nível pedagógico como em projectos de investigação.

Algumas referências bibliográficas

  • Altshuller, G., And Suddenly the Inventor Appeared, Technical Innovation Center (1996)
  • Anderson, N., Practical Process Research&Development, Academic Press (2000)
  • Burchill, G. e C. Brodie, Voices into Choices, Joiner (1997)
  • Cussler, E. e G. Moggridge, Chemical Product Design, Cambridge University Press (2001)
  • Dimancescu, D. e K. Dwenger, World-Class New Product Development, American Management Association (1996)
  • Drucker, P., Inovação e Gestão, Presença (1985)
  • Dym, C. e P. Little, Engineering Design, John Wiley&Sons (2000)
  • Lochner, R. e J. Matar, Designing for Quality, ASQ (1990)
  • Pires, A., Inovação e Desenvolvimento de Novos Produtos, Sílabo (1999)
  • Plsek, P., Creativity, Innovation and Quality, ASQ (1997)
  • Saraiva, P. e J. Orey, Inovação e Qualidade, Sociedade Portuguesa de Inovação (2000)
  • Stamatis, D., Failure Mode and Effect Analysis, ASQ (1995)